advmo_profissionais_gustavo_gasparoto

Foi na adolescência que Gustavo Gasparoto passou a se interessar por filmes com temática jurídica. Gostava tanto de assisti-los que naturalmente optou pelo Direito no momento de escolher a profissão.

Em 2013 se formou na Faculdade de Direito de Franca, cidade em que viveu por 17 anos. Havia apreço pelo assunto, mas a vocação aflorou de fato quando começou a trabalhar. E foi ao entrar em uma penitenciária pela primeira vez que ele teve a real dimensão do ofício. “Somos porta-voz dos direitos de uma pessoa, a única voz que será ouvida. Direito é a base de qualquer relação humana, o que torna a profissão fascinante”, afirma.

Iniciou a carreira em Ribeirão Preto até se mudar para São Paulo e ingressar na Advocacia Mariz de Oliveira, onde atentamente acompanha os processos e auxilia os demais advogados. Para desanuviar da rotina muitas vezes desgastante, pratica corrida e assiste a filmes. O último, que Gustavo indica fortemente, foi “Olhos que condenam”, minissérie da Netflix que conta a história de cinco jovens presos injustamente em Nova York.

Confira aqui os últimos artigos de Gustavo Gasparoto.

Veja aqui as áreas de atuação da Advocacia Mariz de Oliveira